Quando usar MTL e DTL?

Esta é uma das dúvidas que mais assombra vapers iniciantes e até alguns experientes quando o assunto é como vaporar com cada equipamento e com cada nível de nicotina. Conhecer cada aparelho é muito importante para poder utiliza-lo de maneira correta com o e-liquid correto. Assim, vamos destrinchar as maneiras de usar MTL ou DTL!

Começando por MTL, a sigla significa Mouth To Lung, ou na tradução literal do inglês, “boca para o pulmão” e caracteriza a maneira como inala-se o vapor, mantendo em um primeiro momento em sua boca e depois inalar para o pulmão. Esta técnica de MTL é conhecida por usuários de cigarro e ex fumantes, por se assemelhar à maneira como eles inalama fumaça. O MTL traz uma sensação de sabor mais forte por manter o vapor na boca por mais tempo, e deve ser utilizada em tanques com bonicas com potência alta, como 1,0 ohm ou superior com potência baixa. Isto porquê, a técnica do MTL é utilizada com e-liquids com maior teor de nicotina e se utilizado em bobinas sub-ohms, o vapor pode ficar quente e não ser agradável.

Já falando de DTL, a a sigla traduzida do inglês significa “direto para o pulmão”, sendo o ato de inalar o vapor direto para o pulmão, realizando a ação de respirar profundamente ou aspirar, assim, preenchendo os pulmões muito rapidamente com uma grande quantidade de vapor. Para realizar esta técnica, é recomendado o uso de bobinas sub-ohms, que terão uma resistência menor e assim conseguirá entregar um nível mais alto de vapor. O DTL é muito utilizado por usuários que procuram por grandes nuvens de vapor e níveis baixos de nicotina ou até a ausência dela. Para isso, os equipamentos utilizados geralmente são tanques/bobinas sub-ohms em atomizadores RDA, RDTA, RTA e até RBA

Assim, quanto a MTL e DTL, não há melhor ou pior mas sim o que você prefere! Diz pra gente, qual seu preferido?

What's your reaction?
0Awesome0Haha0Wow0Hate0Sad0Fail

Leave a reply

Minimum 4 characters